Angosat1: Primeiro satélite Angolano conta com 47 engenheiros espaciais

3233

Recentemente foi informado que, o Centro de controlo do Angosat1 já está pronto para operar, estando aguardado apenas o lançamento do mesmo em orbita que estava previsto para o segundo trimestre de 2017.

Fazem parte deste projecto, Quarenta e sete engenheiros espaciais formados na Argentina, China, Coreia, no Brasil, Japão e Rússia, que vão garantir o funcionamento do Angosat1, satélite angolano que entra em órbita em breve.

Em que áreas foram formados?

A equipa de engenheiros é composta por 13 em canal de serviço, nove em análise de sistema, sete em planeamento, seis em administração de redes, igual número de directores de voo, quatro em balística e dois em gestão de projectos.

Quando será colocado o Angosat1 em órbita? 

Actualmente, péritos angolanos encontram-se na Rússia para acertar com a parte russa os termos e data final para o lançamento do satélite que se espera antes do final deste ano. A entrada em órbita do satélite angolano estava prevista para Agosto último.

Onde esses 47 engenheiros vão trabalhar?

O centro de controlo e missão de satélites do Angosat1, situa-se na comuna da Funda, norte da província de Luanda, como satélite geoestacionário artificial, o Angosat está localizado 36 mil quilómetros a nível do mar. Sua velocidade coincide com o da rotação da terra e consegue cobrir um terço do globo terrestre.