Rússia desmantela grupo de hackers a pedido dos EUA

0
1305

A Rússia anunciou ontem(14) que desmantelou o grupo de piratas informáticos REvil, , um dos grupos grupos de cibercriminosos em ransomware mais temidos do mundo, isso tudo a pedido dos Estados Unidos, revela o jornal BBC.

Segundo o que foi revelado, esse desmantelamento é resultado de uma operação dos serviços de segurança (FSB) e da polícia russa, onde “a existência deste grupo criminoso organizado foi encerrada“, informa o FSB, e acrescentando que as buscas foram realizadas “a pedido das autoridades americanas competentes” e a mesma visava 14 pessoas e 25 endereços, permitindo a apreensão do equivalente a 426 milhões de rublos (aproximadamente 4,8 milhões de euros) e 20 carros de luxo.

O FSB não especificou quantas pessoas foram presas, mas divulgou vários vídeos com imagens das detenções dos membros do grupo, acusados de terem desenvolvido software nocivo e de terem organizado o desvio de fundos das contas bancárias de cidadãos estrangeiros.

MAIS: Três táticas para conter ataques de ransomware

De referir que no início de julho de 2021, este grupo de ‘hackers’ de língua russa, reclamou a autoria do ataque de ransomware (ataque informáticos com pedido de resgate) contra a empresa de computadores americana Kaseya.

Por outro lado, o Presidente dos EUA, Joe Biden, pediu, durante uma conversa telefónica com o seu homólogo russo, Vladimir Putin, para que este atuasse contra os ataques realizados pela Rússia, sob pena de obrigar os Estados Unidos a tomarem “as medidas necessárias”.

No início de novembro, autoridades europeias e norte-americanas anunciaram a detenção de sete piratas informáticos, no âmbito de uma operação internacional que visava o grupo REvil e o grupo de ransomware GandCrab.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui