SACS garante a estabilidade da internet em Angola

0
2054

Depois de ter confirmado a interrupção do WACS, a Angola Cables veio tranquilizar os utilizadores de internet em Angola, nem tudo está perdido…

No Comunicado oficial, a multinacional angolana, Angola Cables, informa que está a garantir as soluções de conectividade internacional ao País através do cabo SACS (South Atlantic Cable System) assegurando aos operadores nacionais a opção de continuidade de serviços e comunicações sem interrupções.

Em função das quebras de conectividade dos cabos SAT-3 e WACS (West Africa Cable System), o SACS é neste momento o único sistema de fibra óptica submarina activo e totalmente operacional do País, capaz de canalizar e assegurar as comunicações de Angola para o mundo.

O SACS entrou oficialmente em operação em Setembro 2018, sendo internacionalmente destacado por ser o primeiro sistema de cabos submarinos do mundo a ligar directamente África e a América do Sul. O SACS é gerido integralmente pela Angola Cables, concebido com uma tecnologia WDM coerente de 100 Gbps, 4 pares de fibra, e capacidade total projectada de 40 Terabytes por segundo, sendo que, a rota Luanda (Angola) e Fortaleza (Brasil) oferece uma latência super baixa de aproximadamente 63 milissegundos.

A importância estratégica do SACS fica assim realçada dado o seu papel na ligação intercontinental de África com as Américas (em combinação com o cabo Monet que liga Brasil aos Estados Unidos da América) e  daí para os principais destinos da Europa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here