Samsung e Nvidia alvos de ataque informático. Hackers querem mineração de criptomoedas facilitada

0
1028

As gigantes tecnológicas Samsung e Nvidia sofreram um ataque informático, onde o grupo de hackers Lapsus$ já reivindicou o ataque e libertou parte do código-fonte dos produtos das marcas.

Segundo o que foi revelado, o primeiro ataque foi feito à Nvidia, onde os hackers confessaram estar na posse de mais de 1TB de dados, tendo “comprometido completamente” os sistemas internos da empresa, explicam uma fonte ao ‘the TheTelegraph’. Entre as informações adquiridas pelos hackers estão, como mostraram, códigos dos drivers das placas de vídeo da Nvidia e ainda credenciais de 71 mil funcionários da Nvidia.

De informar que há um ano a Nvidia implementou um sistema que limita o poder do gráfico das placas gráficas da marca nos cálculos relacionados à mineração de criptomoedas, por forma a que os seus produtos deixassem de ser atrativos para a mineração. Agora, os hackers querem que a Nvidia remova essa limitação para que possam aproveitar todo o potencial das gráficas da empresa.

MAIS: Grupo Anonymous declarou “guerra cibernética” contra a Rússia

Depois da Nvidia foi a Samsung alvo de ataque, onde o Lapsus$ terá, de acordo com a Bleeping Computer, obtido o código fonte do ambiente seguro utilizado pela Samsung para a criptografia e controlo de acessos aos seus dispositivos, incluindo os algoritmos para desbloquear smartphones, e o código ‘bootloader’, necessário para desbloquear smartphones e instalar software de fontes desconhecidas.

No entanto, revela o ‘elEconomista’, a Samsung ainda não confirmou o ataque, que poderia ser comprometer a segurança dos smartphones da marca.

Com os dados nas mãos, o lapsus$ pode publicar as informações aos poucos e chantagear as empresas até que as suas exigências sejam cumpridas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui