Seedstars Africa Summit 2018: Kubinga abre a sessão de pitches

1014

Dia 13 de Dezembro o palco principal do Seedstars Africa Summit 2018 foi reservado para as 17 Startups vencedoras das competições locais do Seedstars, evento que promete encontrar, formar e potencializar as startups em mercados emergentes.

O evento mundial, com mais de 60 startups, acontecerá na Suíça, em 2019, dando a chance de ganhar até 1 Milhão de dólares em investimento.

Durante os  3 dias da cimeira regional, Seedstars Africa 2018, os participantes tiveram a chance de interagir com os principais intervenientes no ecossistema de empreendedorismo em África. Mentores, jornalistas e investidores tiveram a chance de acompanhar de perto as startups e sugerir melhorias.

1. Abertura do evento

A Directora Regional do Seedstars Africa, Claudia Makadristo agradeceu à todos os participantes, patrocinadores e mentores que têm seguido a visão do Seedstars, mostrando números que mostram as vantagens de apostar em África para o empreendedorismo inicial.

O Embaixador do Suíça para o Este de África esteve presente, discursou na abertura e exortou aos jovens que continuem neste caminho do empreendedorismo.

2. Pitches

A Kubinga foi a primeira startup a apresentar o projecto, foram definidas apresentações em 4 blocos, cada startup teve direito a 3 minutos.

Seedstars Africa 2018 - Startups

3. Oradores

O evento teve painéis bastante interessantes com convidados de vários pontos de África. O primeiro convidado foi o Ex-Director Regional do Seedstars para África, Marcello Schemer (actualmente a trabalhar na startup Yoco), contou a sua trajectória no mundo do empreendedorismo e como isto acabou por levá-lo a viajar por África.

Marcello Schermer

Joel Epalanga, director do KiandaHub e embaixador do Seedstars em Angola, participou do painel “Builders” dedicado aos empreendedores que têm ajudado a desenvolver o ecossistema nos seus países e consequentemente ajudado a colocar África no mapa do empreendedorismo mundial. Este painel contou com a participação de Éder Paulo ( Moçambique ), Francois Nguenyi (RDC) e David Jeng (Gambia).

Um dos pontos altos do evento foi o testemunho de Eldrid Jordaan (Fundador do GovChat), que partilhou detalhes sobre o seu projecto para resolução de problemas sociais que culminou com a criação do GovChat, sistema integrado que permite a interacção entre a população e os governantes. O orador mostrou como a vida pessoal e o empreendedorismo vão se cruzar e muitas vezes os empreendedores terão vontade de desistir.

Lilian Makoi e Doreen Kessy foram as duas oradoras locais. A primeira falou sobre o que é preciso para escalar uma startup, enquanto a segunda falou sobre a autenticidade, como ela é importante em todos os projectos que lançamentos.

Veja como foram os restantes dias do Seedstars Africa Summit.