Seedstars Africa Summit 2018: Kubinga abre a sessão de pitches

2643

Dia 13 de Dezembro o palco principal do Seedstars Africa Summit 2018 foi reservado para as 17 Startups vencedoras das competições locais do Seedstars, evento que promete encontrar, formar e potencializar as startups em mercados emergentes.

O evento mundial, com mais de 60 startups, acontecerá na Suíça, em 2019, dando a chance de ganhar até 1 Milhão de dólares em investimento.

Durante os  3 dias da cimeira regional, Seedstars Africa 2018, os participantes tiveram a chance de interagir com os principais intervenientes no ecossistema de empreendedorismo em África. Mentores, jornalistas e investidores tiveram a chance de acompanhar de perto as startups e sugerir melhorias.

1. Abertura do evento

A Directora Regional do Seedstars Africa, Claudia Makadristo agradeceu à todos os participantes, patrocinadores e mentores que têm seguido a visão do Seedstars, mostrando números que mostram as vantagens de apostar em África para o empreendedorismo inicial.

O Embaixador do Suíça para o Este de África esteve presente, discursou na abertura e exortou aos jovens que continuem neste caminho do empreendedorismo.

2. Pitches

A Kubinga foi a primeira startup a apresentar o projecto, foram definidas apresentações em 4 blocos, cada startup teve direito a 3 minutos.

Seedstars Africa 2018 - Startups

3. Oradores

O evento teve painéis bastante interessantes com convidados de vários pontos de África. O primeiro convidado foi o Ex-Director Regional do Seedstars para África, Marcello Schemer (actualmente a trabalhar na startup Yoco), contou a sua trajectória no mundo do empreendedorismo e como isto acabou por levá-lo a viajar por África.

Marcello Schermer

Joel Epalanga, director do KiandaHub e embaixador do Seedstars em Angola, participou do painel “Builders” dedicado aos empreendedores que têm ajudado a desenvolver o ecossistema nos seus países e consequentemente ajudado a colocar África no mapa do empreendedorismo mundial. Este painel contou com a participação de Éder Paulo ( Moçambique ), Francois Nguenyi (RDC) e David Jeng (Gambia).

Um dos pontos altos do evento foi o testemunho de Eldrid Jordaan (Fundador do GovChat), que partilhou detalhes sobre o seu projecto para resolução de problemas sociais que culminou com a criação do GovChat, sistema integrado que permite a interacção entre a população e os governantes. O orador mostrou como a vida pessoal e o empreendedorismo vão se cruzar e muitas vezes os empreendedores terão vontade de desistir.

Lilian Makoi e Doreen Kessy foram as duas oradoras locais. A primeira falou sobre o que é preciso para escalar uma startup, enquanto a segunda falou sobre a autenticidade, como ela é importante em todos os projectos que lançamentos.

Veja como foram os restantes dias do Seedstars Africa Summit.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui