Startup nigeriana cria serviço de transferência de dinheiro baseado em blockchain

560

A fintech nigeriana Transfy criou uma plataforma de serviços financeiros baseada em blockchain, que vai permitir que qualquer pessoa ou empresa transfira o seu dinheiro para qualquer ponto de África de forma transparente, segura e gratuita.

Fundada na cidade de Lagos, Nigéria, a startup Transfy que lançou-se ao mercado em Abril de 2021, e segundo o CEO e cofundador da Transfy, Vicent Omulo, o projecto tecnológico tem como objectivo dar maior engajamento financeiro à África.

A maioria das empresas de remessa de dinheiro concentra-se em outros corredores fora da África, como originação de transações dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Oriente Médio, entre outros. Existem muito poucas empresas que estão empenhadas em conectar a África financeiramente. Por isso, viemos para preencher essa lacuna.

MAIS: Startups nigerianas vencem primeira edição do Africa Tech Awards

Em pouco menos de um ano de existência, a Transfy teve uma aceitação considerável tendo processado cerca de US$ 15 milhões em seu primeiro ano, e onde agora planeia expandir os seus serviços para todo continente. Actualmente a Transfy opera em Botsuana, Gana, Quênia, Nigéria, Ruanda, África do Sul, Uganda e na Zâmbia.

Sobre a expansão da empresa, o CEO disse que a empresa está a se expandir rapidamente e que até o final do segundo trimestre a Transfy estará operacional em 30 países do continente africano. Basta que os usuários crien uma conta na plataforma Transfy, agregar os detalhes de KYC e iniciar a transação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui