Ténista Serena Williams investe nas startups africanas

1555
Aug 25, 2020; Flushing Meadows, New York, USA; Serena Williams (USA) pauses during a match against Maria Sakkari (GRE) during the Western & Southern Open at the USTA Billie Jean King National Tennis Center. Mandatory Credit: Robert Deutsch-USA TODAY Sports/Sipa USA

A ténista norte-americana Serena Williams, juntamente com a Capital Partners, juntaram-se a uma equipa de investidores para financiar startups africanas, de modo a aproveitar o grande impacto tecnológico e inovador em África.

O grupo de investidores, constítuidos por Serena Ventures, AT&T Capital e a Distributed Global, já angariou 6,5 milhões de dólares para a Nestcoin, startup nigeriana criadora de produtos cripto, sem esquecer que no princípio de Fevereiro conseguiram também um investimento de 10 milhões de dólares para a Moove, parceira de fornecimento de veículos da Uber em África.

Essa actuação não é algo nova na vida financeira de Serena Williams, que já tinha investido na Andela, uma startup africana que dá formação a programadores de software.

A Nestcoin é uma startup focada no desenvolvimento de produtos de aplicações Web3, baseados em criptomoedas ou tokens digitais que são rastreados em blockhaisn. Os produtos da empresa incluem o Breach, uma plataforma de media que fornece informações educativas sobre ativos cibernéticos e promove a sua adoção.

MAIS: ‘Oracle for Startups’ abre inscrições para startups africanas

Segundo o que revela a Bloomberg, as startups em África levantaram mais de 125 milhões de dólares desde o início de 2022, o que mostra que o nosso continente está a atrair financiamento por parte dos “business angels” e de capitais de risco, com crescimento das startups em África –que representa actualmente uma população jovem e experiente em tecnologia– de modo a preencher uma lacuna na infra-estrutura financeira e na entrega de bens e serviços de última hora.

De acordo ainda com os relatórios divulgados da Briter Bridges Intelligence, em 2021 África assistiu mais de 500 negócios tecnologicamente inovadores, levantando cerca de 5 mil milhões de dólares e preparando o terreno para um aumento na procura por novo capital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui