TPA com condições técnicas para a recepção do sinal do Angosat-2

2475

A Televisão Pública de Angola (TPA) está nesse momento com as condições técnicas para a receção do sinal vindo do Angosat-2, deixando automaticamente de depender de satélites internacionais para a transmissão do seu sinal de televisão aos telespectadores.

A partir da Central da TPA, localizado no Camama, Distrito Urbano do Talatona, já está instalada a antena que vai rececionar o sinal através do Angosat-2, bem como o data center que tem a missão de transmitir aos estúdios até chegar a casa do telespectador.

A receção do sinal vindo do Angosat-2 vai permitir a TPA reduzir os custos do aluguer do transporte atual, sendo russo. Com o Angosat-2 os custos vão baixar radicalmente” disse Costa Nganga, Chefe do Departamento de Operações da Rede de Difusão da TPA, reiterando ainda que o mesmo não vai afetar no sinal da transmissão que chega aos telespectadores.

MAIS: Empresas de telecomunicações alegam não ter informação técnica do Angosat-2

De informar que o Presidente da República já autorizou a exploração comercial do Angosat-2, com a maior fatia das receitas irão reverter a favor do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN), mas só após concluído o processo de criação das condições para a atribuição da gestão e exploração a uma entidade pública.

Segundo o despacho presidencial, o GGPEN ficara com 50% das receitas, o Tesouro Nacional receberá 40% e os restantes 10% ficarão com o Fundo de Apoio Social dos Trabalhadores das Comunicações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui