Web Summit 2024: Cabo Verde em destaque no evento

560

Cabo Verde participou com uma delegação de 15 pessoas no Web Summit, no Rio de Janeiro, uma das suas maiores missão tendo o objetivo de reforçar o trabalho remoto prestado por cabo-verdianos a empresas brasileiras, revelou o secretário de Estado da Economia Digital, Pedro Lopes.

Viemos apresentar ao Brasil uma plataforma de talento. Queremos que os jovens cabo-verdianos possam trabalhar remotamente para o mercado brasileiro, sem deixar o país“, disse o representante numa conferência de imprensa durante a segunda edição do Web Summit, na cidade brasileira do Rio de Janeiro.

De forma a fazer cumprir essa ambição, a Cabo Verde Digital assinou um memorando de entendimento com uma ‘startup’ brasileira, fundada por um cabo-verdiano, “que emprega talentos cabo-verdianos“, frisou. “Viemos dizer ao Brasil que Cabo Verde pode ser uma porta de entrada para o continente africano“.

MAIS: Web Summit 2023: Cabo Verde com 10 startups no evento

Acrescentou que as características de Cabo Verde permitem atuar remotamente, já que é o país africano mais próximo do Brasil, com uma relação histórica e cultural partilhada com o Brasil. “A nossa história está muitas vezes associada a pessoas que foram escravizadas, e não temos nenhum tabu com isso, apenas queremos recontar a nossa história“, disse o secretário de Estado da Economia Digital, Pedro Lopes, realçando que a inovação e tecnologia é uma ferramenta que dá força aos cabo-verdianos.

O Parque Tecnológico, que o Governo conta colocar em funcionamento este ano, a fim de impulsionar o sector da Economia Digital, trará condições fiscais competitivas para as empresas internacionais se fixarem em Cabo Verde, segundo o governante. “Somos um pequeno país, conhecido pelo turismo, mas queremos contar, cada vez mais, com empresas internacionais”, disse, acrescentado que a missão passa por “posicionar o país num continente “que está ávido de mudanças”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui