Whatsapp partilhará dados com o Facebook. Fim da privacidade?

0
1540

Facebook-whatsapp

Há alguns meses o Whatsapp reforçou o seu compromisso com a segurança dos utilizadores, inserindo criptografia ponta-à-ponta nas conversas entre os utilizadores.

Durante esta semana, uma notícia veio abalar a confiança dos utilizadores em relação às politicas de segurança do Whatsapp. O anúncio,feito naquinta-feira, dava a conhecer que o Whatsapp vai partilhar com o Facebook o número de telefone dos seus utilizadores, assim como a informação sobre a frequência de utilização da aplicação do serviço de mensagens instantâneas.

Essa integração é surpreendente?

Até certo ponto, não. O Facebook comprou o Whatsapp em 2014 e quem estava atento, sabia que mais cedo ou mais tarde a empresa teria de justificar os milhões, digo, bilhões investidos na companhia.

Como uma empresa subsidiária do Facebook, nos próximos meses iremos começar a partilhar informação que nos permita coordenar melhor e com isso melhorar a experiência entre os serviços. Esta é uma prática típica entre as empresas que são adquiridas por outras – comunicado oficial do Whatsapp

Com esta mudança de política, o Facebook passa a ter acesso ao número de telefone de cada utilizador para verificar a sua conta de WhatsApp, assim como os dados sobre a frequência de utilização da aplicação.

Quais são os objetivos dessa acção do Facebook?

Segundo a informação oficial, o objectivo é melhorar a eficácia publicitária com anúncios que sejam mais relevantes para os utilizadores do Facebook e sugestões para estabelecer ligações com outras pessoas conhecidas e também para combater os abusos e mensagens não desejadas no WhatsApp.

Há como proibir que o Facebook utilize os nossos dados do Whatsapp?

Os utilizadores do serviço de mensagens podem recusar que os seus dados sejam utilizados para “melhorar experiências relativas a anúncios e produtos“, no entanto o número de telefone será partilhado com o facebook, assim como os seus padrões de atividade no aplicativo.

Quanto tempo os utilizadores terão para decidir?

Desde quinta feira o WhatsApp começou a enviar notificações com os novos termos de privacidade e os utilizadores terão 30 dias para aceitar, caso contrário, terão de desinstalar o aplicativo.

E então, vai continuar a utilizar o aplicativo mais popular de troca de mensagens instantâneas?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here