Yahoo! confirma que 1 Bilhão de contas foram hackeadas

283

Yahoo um dos maiores servidores de e-mail, disse que mais de um bilhão de contas de usuários podem ter sido afectadas em um ataque de hackers no ano de 2013.

Diferente da violação dos serviços em 2014 divulgada em Setembro, quando o a empresa revelou que 500 milhões de contas tinham sido acessadas.

O Yahoo disse que nomes, números telefônicos, senhas e endereços de e-mail foram roubados, mais nenhum dado bancário, cartão de credito ou outra forma de pagamento foram afectados. (Ca entre nós. Mesmo que fossem roubados dados bancários, eles também não seriam assim tão ingênuos em divulgar isso. Porque só agora?)

A Yahoo que recebeu uma proposta da Verizon de US$ 4.8 bilhões , disse que está a trabalhar em estreita colaboração com a policia e as autoridades. A Yahoo tomou algumas medidas alertando os usuários a alterarem as suas senhas e as perguntas de segurança.

Segundo o especialista em Cybersegurança Troy Hunt disse a BBC:

“Isso seria de longe, a maior quebra de dados que já vimos. Na verdade, os 500 milhões que eles relataram há alguns meses, na verdade é o dobro e sem precedentes”.

Hey, Yahoo!

Primeiro nos disseste que foram 500 milhões de contas hackeadas, agora 1 bilhão? Que apenas nomes, números telefônicos, senhas e endereços de e-mail foram roubados, mais nenhum dados bancários, cartão de credito ou outra forma de pagamento foram afectados?

O que vai garantir-nos neste momento, que o Tio Sam não levou nenhum dado bancário ou que está invasão é mais feia do que vocês estão dizendo? Se só nestes últimos meses e mais recentemente fizeste a actualização para segunda forma de autenticação?

Será que a Yahoo decidiu anunciar agora que não foram apenas 500 milhões de contas, mais sim o dobro porque tem coisa feia a vir por ai? Só esperarmos para ver.

 

“A Yahoo não atribuiu o ataque a qualquer actividade patrocinada por estado, como fizeram com o incidente anterior. Eles referem-se à adulteração de cookies, no entanto, o que nos dá algumas informações úteis sobre onde a vulnerabilidade pode ter existido em seu sistema”. Quando o Yahoo, em Setembro divulgou a violação de dados de 2014, eles disseram que a informação tinha sido “roubada pelo que eles acreditam ser alguém com patrocínio do estado”. O Yahoo não disse que país era o responsável por este acto.

Neste momento o Yahoo esta sobre pressão para revelar, o porque que demorou tanto tempo para que a violação seja tornada pública.

A empresa sediada na Califórnia tem mais de 1 bilhão de usuários activos mensais, embora muitas pessoas têm varias contas. Há também muitas contas que são pouco usadas ou contas dormente.

Com está divulgação recente novas questões serão levantadas sobre  a proposta de $4,8 bilhões  da Verizon para comprar o Yahoo, e se a operadora móvel dos EUA tentara modificar ou abandonar a sua oferta.

Se os padrões de falhas forem graves, e se os invasores causaram uma grande reação contra o Yahoo, então os serviços da empresa não seriam tao valiosos para a Verizon.

Em uma avaliação a Verizon disse que avaliaria a situação como o Yahoo investiga e iria rever o “novo desenvolvimento antes de chegar a quaisquer conclusões”. A Verizon supostamente desvalorizou o Yahoo em $1 bilhão depois que surgiu a notícia do ataque de 2014.

É muito embaraçoso para uma empresa que já foi um dos maiores nomes da internet, mas que não conseguiu acompanhar as estrelas em ascensão, como o Google e o Facebook.

O Yahoo chegou mesmo a ser valorizado em $125 bilhões durante os tempos aureos, mas tem perdido terreno desde então, apesar de várias tentativas melhorar…