Acionistas do Twitter processam Elon Musk por manipulação do mercado

539

Um grupo de acionistas acusa Musk de ter encetado uma conduta de manipulação do valor das ações da Twitter depois ter assinado o acordo para a compra da empresa a 25 de Abril.

Segundo os queixosos, “Musk fez várias declarações, enviou tuítes e avançou numa conduta com o propósito de criar dúvida sobre o negócio e afundar o valor das ações da Twitter substancialmente para poder ter a vantagem que Musk pretende usar para recuar na compra ou renegociar o preço da aquisição”, cita o The Verge.

A queixa incide também na declaração de que a compra não poderia avançar sem mais informações sobre as contas automatizadas na plataforma. Os acionistas representados no processo consideram que a conduta de Musk “foi e continua a ser ilegal, violando o Código Empresarial da Califórnia e é contrária aos termos com que ele acordou”.

MAIS: Cofundador e ex-líder do Twitter abandonou a empresa

Os queixosos pretendem distribuir o valor da indemnização obtida por todos os acionistas, caso vençam o processo.

Atualmente, as ações da Twitter estão a valer cerca de 40 dólares, ainda muito abaixo dos 54,2 dólares por ação propostos por Elon Musk.

A decisão do tribunal, caso dê razão aos queixosos, pode passar por obrigar Musk a comprar a empresa pelo valor acordado inicialmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui