Angola Cables e Cabo Verde Telecom assinam acordos para expandir conectividade de rede

0
1516

A Angola Cables e a Cabo Verde Telecom assinaram ontem(09) um acordo de cooperação para identificar sinergias para expandir a conectividade e as capacidades de rede, convénio esse com potencial para se expandir à área comercial, bem como na aérea de desenvolvimento de produtos e soluções de rede personalizadas, que poderão estar já no mercado nos próximos meses.

Essa informação foi revelada através de um comunicado oficial da representante angolana, e na qual a MenosFios teve acesso, onde o Presidente Executivo da empresa, Ângelo Gama, em nota diz que essa parceria é “um primeiro passo numa colaboração estratégica mais ampla entre a Angola Cables e a CVTelecom”, abrindo assim caminho para a melhoria das infra-estruturas e serviços de telecomunicações e “acabando por dar um contributo positivo para a melhoria da transformação digital no continente africano”.

Na mesma nota, o PCA informa que foram identificadas várias sinergias comerciais para permitir melhores rotas, acesso a múltiplas ligações de rede de baixa latência que podem promover a troca de dados entre Cabo Verde, Angola e ecossistemas digitais em toda a região da Costa Ocidental de África e desbloquear oportunidades do Senegal para Angola.

MAIS: Angola Cables aposta em solução com roteadores virtuais

Por outro lado, a ” CVTelecom, na estratégia de internacionalização dos seus negócios, considera o presente acordo como um importante instrumento, pois abre portas para o acesso aos mercados da África Austral e dos Estados Unidos da América, para além de assegurar uma comunicação de alta disponibilidade, por via da redundância e de baixa latência do sistema que emergirá no Atlântico médio.” ressalta na nota João Domingos Correia, PCA da Cabo Verde Telecom.

De informar ainda que a CVTelecom é uma empresa privada e lÍder no mercado cabo-verdiano na prestação de serviços globais de comunicações electrónicas, e onde na internacionalização dos seus negócios, conta com a gestão do Hub Internacional de Cabo Verde, com o objectivo de materializar a interligação entre os sistemas de cabos submarinos WACS e EllaLink.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here