Angola Cables fecha parceria com maior operador de data center dos EUA

0
1145

A Angola Cables ligou recentemente o seu produto GDI (Global Datacenter Interconnect) com a Flexential, que é a principal proprietária e desenvolvedora de data centers dos EUA, factor esse que vai beneficiar os clientes da operadora multinacional de telecomunicações angolana de cabos de telecomunicações de fibra óptica, seja em Africa, no Brasil e Europa, visto que vão estar conectadas diretamente a 40 novos hubs de datacenter nos Estados Unidos.

Segundo o comunicado oficial, na qual a redacção da MenosFio teve acesso, com acesso ao cabo MONET da Angola Cables, alojado no data center da Flexential em Fort Lauderdale, essa parceria vai permitir oferecer aos clientes da Angola Cables, conectividade de baixa latência, alta capacidade e soluções de nuvem nos 40 data centers altamente redundantes, 7 cloud nodes e gerência e mais de 13 mil cross-connects que a rede da Flexential oferece nos EUA.

MAIS: Angola Cables é a empresa africana melhor colocada no ranking global de sistemas autônomos (AS) do CAIDA

Por outro lado, reforça a nota da empresa angolana, essa parceria é de caracter fundamental para atender à crescente demanda de empresas, provedores de serviços, bem como provedores de conteúdos em nuvem, de hiperscale e comercio electrónico que buscam implantações de conectividade no mercado americano para actualizar e aumentar os seus serviços em África e no Brasil.

A nossa parceria com a Flexential vai permitir sem custos de operação local, que empresas de África e do Brasil se conectem a mais de 40 data centers espalhados pelos EUA, podendo assim desde os seus sites em África partilhar conteúdos de forma mais rápida e fácil com mercados e empresas nos EUA“, disse Ângelo Gama, CEO da Angola Cables, citado na nota.

O CEO acrescentou ainda que essa conectividade de alta capacidade é a mais adequada em termos de custos e eficiência para atender múltiplas indústrias que ligam África aos EUA, tais como do sector petrolífero, e-commerce, pesquisas científicas e académicas, entre muitas outras.

Para Tim Parker, vice-presidente de estratégia de rede da Flexential, frisou que “através deste acordo, somos colectivamente capazes de estender os nossos serviços gerenciados e soluções de TI e data center sob medida para clientes e empresas do continente africano“.

De referir ainda que com essa ligação, a Angola Cables passa assim a ser o primeiro operador mundial a garantir a conectividade de 59 Data Centers de diferentes provedores Mundiais na sua rede de cabos submarino, facto que contribuirá para levar ainda mais conteúdos e aplicativos da Europa, Brasil e EUA para o mercado Africano e aumenta a importância do Hub de Angola para a entrada de dados em Africa pelo nosso país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui