Angola lança campanha Ciber Kid- Internet segura para crianças

680

O Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS) lançou na passada sexta-feira, em Luanda, a campanha denominada Ciber Kid (Internet segura para crianças).

O Director Nacional das Políticas de Cibersegurança e Serviços Digitais, Hediantro Wilson Mena, disse que o que se pretende com projecto é a sensibilização os adolescentes sobre os cuidados na lida e manuseio de meios electrónicos relacionadas com matérias de segurança cibernética.

A campanha que visa criar mecanismos para garantir segurança electrónica para as crianças na utilização de dispositivos eletrónicos.

Hediandro Mena explicou ainda que o projecto é de âmbito nacional e que deverá ter como foco todas as escolas do I e II ciclo do ensino secundário do país.

Workshops e seminários de capacitação durante os quais serão passadas técnicas de e práticas sobre o uso consciente da internet por parte dos adolescentes.

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, destacou o papel do Ministério da Educação (MED) no combate ao mau uso das tecnologias de informação, sublinhando que a campanha da cyber segurança é fundamental para proteger as crianças em busca de conhecimento na Internet.

Manuel Homem considerou importante que os professores ensinem os alunos a não confiarem, nem postarem informações pessoais nas redes sociais.

É obrigação de todos ensinar as crianças a forma correcta de usar essa importante ferramenta, mas também deve ser preocupação de todos a cibersegurança, porque temos acompanhado vários casos violentos nas redes sociais”, expressou.

MAIS: Bengo: ONG promove educação e inclusão digital na comunidade da Santa Mboleia

Por isso, prosseguiu, a direcção Nacional de Cibersegurança escolheu o Ministério da Educação como parceiro estratégico para a campanha de cibersegurança nas escolas.

Por sua vez, a ministra da Educação, Luísa Grilo, disse que o ministério vai continuar a abraçar esses projectos, porquanto o futuro das crianças depende dos professores.

O projecto Ciber Kid é uma iniciativa bastante louvável e o Ministério da Educação não devia ficar de fora, porque sabemos que os professores são a base e eles têm a obrigação de ensinar o caminho certo”, frisou.

A Ministra da Educação, Luísa Grilo, reiterou que o futuro de toda e qualquer sociedade depende da educação, dos professores, e actualmente a internet é uma das ferramentas mais usadas no mundo, pelo que o MED não pode ficar ultrapassado pela tecnologia.

Cibersegurança é a proteção de sistemas de computador contra roubo ou danos ao hardware, software ou dados eletrônicos, bem como a interrupção ou desorientação dos serviços que fornecem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui