Angonix registou recentemente o seu maior pico de tráfego

1
2275

Há alguns anos, a maior parte do tráfego gerado a partir de Angola era obrigado a transitar em conexões internacionais, devido à escassa capacidade de interconexão entre os provedores. Para contornar a situação, a Angola Cables estabeleceu o Angonix, a plataforma de troca de tráfego de Internet dentro do pais.

A plataforma Angonix – o Internet Exchange Point (IXP) gerida pela  Angola Cables, registou no dia 19 de Fevereiro o seu maior pico de tráfego, de 5.2Gbps, um dado que demonstra a tendência de crescimento na utilização da internet no país, resultado do investimento em tecnologia e redução de preços nos serviços de telecomunicações em Angola.

Segundo Darwin Costa (Gestor do projecto), este novo pico de tráfego só demonstra o potencial de crescimento de dados que Angola tem a nível de banda larga. O número de membros e troca de informação entre as mesmas redes tem crescido significativamente e a plataforma conta já neste momento com 15 membros activos, onde um dos grandes objectivos para 2017 é a interligação de 10 novas redes com prioridade nas Universidades em Angola.

A ligação de novas redes ao Angonix permite uma optimização de tráfego regional e nacional em Angola. A interconexão, enquanto meio utilizado para comunicação, proporciona um aumento de velocidade e fiabilidade na troca de informação entre os clientes. Grandes empresas, grupos de media, provedores de conteúdos, universidades bem como empresas dos sectores da banca e seguros são alguns dos membros deste serviço.

1 COMENTÁRIO

  1. Está errado dizer “Há alguns anos atrás…”. O correcto é “Há alguns anos…”.
    Quando se diz “Há alguns anos”, não é mais necessário acrescentar a palavra “atrás”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here