Inteligência artificial da Google diagnosticará o câncer mais rápido do que os médicos

1746

Parece que a Google tem estado a apostar as suas ferramentas de inteligência artificial na área medicinal, visto que anteriormente, a Google garantiu que a cegueira causada pela diabete poderá ser diagnosticada com antecedência, dando assim a possibilidade de ser evitada.

Tomar a decisão e delimitar se um paciente tem ou não câncer geralmente envolve profissionais treinados meticulosamente, na qual a doença pode ser detectada pelos médicos através de amostras de tecido ao longo de semanas e meses. Mas um programa de inteligência artificial (AI) da Alphabet, poderá ser capaz de fazê-lo muito mais rápido.

Segundo o documento, a Google está a trabalhar arduamente para poder dizer a diferença entre o Tecido saudável e canceroso, bem como descobrir se ocorreu a metástase no paciente. Actualmente, a detecção de metástase é realizada por patologistas, revisando grandes extensões de tecidos biológicos. Este processo é um trabalho intensivo e propenso a erros.

O método da empresa, alavanca uma arquitectura de rede neural convolucional (CNN) e obtém resultados de última geração no conjunto de dados Camelyon16 na difícil tarefa de detecção de tumor em nível de lesão.

Esse reconhecimento de imagem de alto nível foi desenvolvido pela primeira vez para o programa de carro sem motorista do Google, a fim de ajudar os veículos a detectar obstruções rodoviárias.

Caso queira ler o artigo da Google na integra e fazer o download, clique aqui.