Cientistas conseguiram transmitir 1Tbps via Fibra óptica

175

FibraOs cientistas por meio de testes realizados, conseguiram ter exito na transmissão de sinal com uma velocidade de 1 Tbps, onde foi usado o cabo de fibra óptica,  algo que pode ser usado em redes domesticas.

Os cientistas enfrentavam algum problema e precisavam de uma solução com a transmissão que somente funcionava em ambientes altamente controlados, passasse a funcionar na realidade do dia a dia das transmissões que usamos nos escritórios, casas, estabelecimentos comerciais, etc.

Os pontos que foram escolhidos pelos os cientistas, são menos susceptíveis a ruídos, isso permite que a fibra atinja uma velocidade de 30% superior ao habitual, como é possível efectuar uma adaptação de taxa de transmissão com o canal.

Durante os testes os cabos não suportavam os altos níveis de variações de canais que viam por intermédios de tráfegos, algo que foi superado durante os testes que os cientistas da Nokia Bell Labs, a Deutsche Telekom e a Universidade Técnica de Munique efectuaram, os cientistas disseram que a técnica de modulação chamada Probabilistic Constellation Shaping, que traz uma preferência a pontos com baixa amplitude durante as transmissões ao níveis de tratar todos de forma igual, tal como acontece com a fibra tradicional.

A técnica foi tão eficaz que os cientistas conseguiram atingir o pico de velocidade, que foi previsto para uma conexão por intermédio de fibra óptica. Espera-se mais informações com relação ao assunto, o Menos Fios continuará a companhar o desenrolar desse assunto que é extrema importância para as empresas de telecomunicações e também para todos os usuários de internet.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPulseiras de Pokémon Go já começaram a ser comercializadas
Próximo artigoGoPro Lança duas novas câmeras do modelo Hero5
Daniel Afonso Geto Estudante de Engenharia de redes e telecomunicações escreve sobre tecnologia precisamente por ser a sua área de formação, ser algo que ama fazer e para si é um previlegio fazer parte do maior site angolano de notícias ligadas à TIC.Partindo do princípio, parar é morrer, é também detentor das certificações: Administração de Redes, CCNA Routing, CCNA Switching e CCNA Security.