Cresce o número de utilizadores da rede móvel em Angola

1456

De Acordo com o vice-presidente da República, Bornito de Sousa, que discursava nesta terça-feira, em Viena, Áustria, na abertura do Fórum de Alto Nível África – Europa, que se realiza sob o lema “Levando a Cooperação para Era Digital”, o número de utilizadores da rede móvel no país passou de 13 mil em 2003 para 13 milhões em 2018.

O Executivo afirmou ainda que, os subsecritores de internet, passaram de 2.700 para cinco minhões, isto no mesmo período (2003- 2018). Bornito de Sousa explicou que a economia digital no país é um espaço aberto ao empreenderorismo e às “startups”, internet banking, pagamentos electrónicos, ensino à distância, centros locais e municipais de empreendedorismo e negócios afins, num esforço de massificação e inclusão digital.

O governante não deixou de destacar o projecto Angola Cables, que está a ligar Angola ao mundo através de cabos submarinos, nomeadamente à Europa, Ásia e, brevemente, através dos cabos submarinos SACS e MONET, que ligam África ao Brasil e aos Estados Unidos da América.

O vice-presidente ressaltou que a governação electrónica está a interligar os serviços de justiça, finanças, administração e ordenamento do território, segurança social, educação, saúde, formação profissional e registo de cidadãos.

No caso de África, um mercado de mais de mil milhões de habitantes, Bornito de Sousa entende que esse esforço tem de ser feito em extensões territoriais que os mapas baseados na Projecção Mercator subestimam e reduzem significativamente.

“É uma responsabilidade nossa criar as condições para que África e a Europa sejam continentes caracterizados pela paz, boa governação, estabilidade política e social, desenvolvimento sustentável e condições de vida condigna para os seus cidadãos e habitantes”, afirmou Bornito de Sousa.

O Fórum de Alto Nível África-Europa é organizado pelo Governo da Áustria, país que exerce a presidência rotativa do Conselho da União Europeia. Enquadra-se nas recomendações da V Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da União Africana e da União Europeia, realizada em Novembro de 2017, em Abidjan, na Côte d’Ivoire.