[Especial] Lembrando o passado… (Por Benone Marcos)

0
1135

TIAngola

Hoje eu descobri que em 2009 ganhei o prémio de melhor Forum & Tutoriais com o TIAngola :D

Forum e Tutoriais: TIAngola

Saiu dum bom site para ter apenas um bom fórum. O resto parece querer transformar-se numa empresa. Boa ideia, mas os Angolanos perderam muito com isto. Talvez o Sektor (Benone) se tenha cansado de ser um solitário ao longo destes anos, afinal foi um pioneiro entre os Angolanos, na criação de sites ‘TI Based ’.

O prémio foi atribuído pelo blog Switching News Network Angola (SNN Angola), de Nataniel Baião; aparentemente um dos guerreiros que como eu começou cedo nessa vida de colocar Angola e os angolanos nas interwebs.

Estava fazendo uma busca online sobre algo relacionado ao TIAe encontrei o post em questão. Já conheci o blog a algum tempo (não naquela época), mas foi interessante ler o que o Nataniel escreveu. Na verdade ele quase acertou na mosca ao dizer que eu estava cansado de estar sozinho naquela vida de representar a comunidade de TI angolana. Tentando ser justo, no decorrer dos anos até tive ajuda de algumas pessoas que infelizmente com o tempo também acabaram se dispersando… talvez tenha sido falta de melhor organização nossa.

Realmente o TIAngolaestá hoje em dia formalmente constituído como uma empresa, mas os princípios originais permanecem os mesmos. Vários projectos ainda estão em andamento para o bem da comunidade e sem fins lucrativos – talvez precisem de melhor divulgação.

Acredito também que a influência que eu, o TIA e alguns outros pioneiros tivemos, ajudou a estimular de alguma forma a diversificação da presença Angolana nas interwebs. Lembro que foi mais ou menos na época que surgiu o Club-K – acredito que o pessoal estava em Praga ou em UK. Foi também mais ou menos na época que o Maziano, o Wanderley, o Cognitivo entre outros começaram seus blogs (a maioria abandonou :)).

Hoje, volta e meia eu vejo sites, portais e projectos interessantes de angolanos na web. Coisa que inevitavelmente aconteceria com o avanço das coisas hoje em dia. Mas eu ainda acho que a quantidade e qualidade deixam muito a desejar. Nós deveríamos ter condições de apresentar coisas melhores e deveríamos mostrar maior conteúdo. E é mais ou menos por aí que vai o meu trabalho actual, mais em background, de forma a criar condições que outros indivíduos e organizações divulguem seus conteúdos em qualquer área.

Então… eu gosto de pensar que eu não desisti. Apenas mudei a estratégia.

…isso me faz dormir melhor à noite :)

Tux-AvatarAhn, e o angolanOS… o projecto foi suspenso indeterminadamente. De vez em quando penso se é válido reactiva-lo, mas no actual mercado de SOs e/ou distros GNU/Linux, não sei se é válido. O projecto tinha começado no conceito do “porque eu posso”, mas depois tomou vertentes que seriam benéficas à comunidade. As tendências em SO hoje são diferentes, requer uma estrutura um pouco maior do que apenas uma compilação diferente do Kernel para rodar mais redondo no hardware local. Vide os caminhos em que a Canonical está levando o Ubuntu, assim como os grandes como M$ Windows e RApple estão seguindo… Basicamente o aOS teria que ser totalmente repensado e implementado considerando um escopo muito mais abrangente. Deixaria de ser um hobbypara ser um trabalho de gente grande. Eu sei que coloquei tudo muito vago, mas vai ter que servir por enquanto.

Talvez um dia o TIA lance este produto no mercado ;)

P.S. (para o Nataniel): era seckt0r, não Sektor :P

_____________________________________________________________________________

Este artigo foi originalmente publicado no e foi aqui re-plubicado com a autorização do autor.

Este texto é uma página da história dos projectos web em Angola, da qual o Menos Fios espera fazer parte. Em breve teremos aqui uma pequena conversa com o Benone Marcos (Sekt0r,para os mais entendidos), um dos pioneiros nessa arte de trazer notícias sobre tecnologia com uma vertente angolana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here