EUA sancionam empresa de moedas digitais acusada de lavar dinheiro de crimes

888

Os EUA impuseram na última semana sanções financeiras ao ‘misturador de moedas digitais‘ Tornado Cash, acusado de envolvimento na lavagem de sete mil milhões de dólares via estes ativos desde 2019, incluindo em ligação com a Coreia do Norte.

O Tesouro sanciona o Tornado Cash, um ‘misturador de moedas virtuais’ que lava dinheiro obtido com crimes informáticos, incluindo os cometidos com vítimas nos EUA“, informou o sub-secretário do Tesouro para os assuntos do terrorismo e das informações financeiras, Brian Nelson, em nota oficial.

MAIS: Hackers norte-coreanos roubaram USD 400 milhões em 2021

Segundo o que foi revelado, os valores “inclui mais de 45 milhões de dólares roubados pelo grupo Lazarus, um grupo de piratas apadrinhado pela República Popular Democrática da Coreia, que foi sancionado pelos EUA em 2019, no quadro do maior roubo de moeda virtual conhecido até então“, detalhou a instituição norte-americana.

De informar que as autoridades dos EUA acusaram em meados de Abril o grupo Lazarus e o APT38, piratas informáticos “associados” ao regime de Pyongyang, de serem responsáveis pelo roubo de 620 milhões de dólares na moeda digital ethereum, no seguimento da pirataria do videojogo Axie Infinity no final de Março.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui