Google instalará 200 pontos de acesso Wi-Fi na Nigéria até 2020

384

Parece que a Google está mesmo com um projecto ambicioso de massificar a Internet em alguns países do continente Africano, depois de surgir a informação de que, o Quénia irá usar o Projecto do Google para fornecer conectividade de alta velocidade à Internet, surge agora a informação de que a mesma empresa irá instalar 200 pontos de acesso a rede Wi-Fi na Nigéria.

Pois é, o trabalho da Google para impulsionar a conectividade na África incluirá esforços para fornecer Wi-Fi para a Nigéria. Até o final de 2019, o gigante da pesquisa vai lançar cerca de 200 pontos de acesso para lugares como centros de transporte, shoppings e universidades em cinco cidades em todo o país. É parte de um esforço mais amplo para trazer a Nigéria online, o que inclui algumas outras actualizações.

A penetração da Internet é relativamente baixa na Nigéria. Cerca de 25,7% da população fez uso da Internet em 2016, segundo dados do Banco Mundial. A infraestrutura deficiente da Internet é um grande desafio para as empresas que operam no país, que é o maior produtor de petróleo da África. Os serviços de banda larga são pouco confiáveis ​​ou inacessíveis para muitos dos 190 milhões de habitantes da Nigéria.

A empresa garantiu que geraria dinheiro com o serviço na Nigéria, colocando anúncios do Google no portal de login. O Google não divulgou o valor investido no novo serviço da Nigéria. Avançou ainda que planeia compartilhar receitas com seus parceiros para ajudá-los a manter e implantar o serviço Wi-Fi, mas não divulgou a divisão esperada de receita de publicidade.

A Nigéria é o quinto país a lançar o serviço Google Station. Serviços semelhantes foram lançados na Índia, Indonésia, México e Tailândia.