Governo da RDC desligou a Internet durante às eleições

1024

A Internet encontra-se desligada na República Democrática do Congo (RDC) desde a segunda-feira (31 de Dezembro de 2018) de manhã, um dia após as eleições gerais, levantando suspeitas e reacções por parte da oposição.

Segundo as operadoras de dados, a medida foi uma instrução do governo, que não deu, até o momento, nenhum justificativo oficial.

Segundo ainda Aubin Minaku (Presidente da Assembleia Nacional RDC), o corte do acesso à Internet se justifica por “razões de segurança”. “Hoje, as redes sociais são uma das principais fontes de informação das pessoas”.

Por outra, os candidatos da oposição estimam, por sua vez, que o governo tomou essa decisão para impedir a transparência no país. “Tendo em vista o difícil acesso nas rotas da RDC, sobretudo na temporada de chuvas, a Internet é indispensável para a colecta de dados”.

É importante aqui lembrar, que não é a primeira vez que o governo da RDC toma a medida de desligar a Internet, isso aconteceu ainda no principio de 2019, quando desligou-se a  Internet e SMS antes de manifestações.

Será que essa foi uma boa ideia?