INACOM desenvolve estudos para implementação do roaming doméstico

677

O presidente do conselho de administração do Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), Leonel Augusto, disse que o governo está a desenvolver estudos para implementar o serviço de roaming doméstico no serviço de telefonia móvel.

Segundo Leonel Augusto a componente técnica está já a ser desenhada. A primeira fase do estudo “respondeu positivamente” a um conjunto de questões e agora, haverá um período que vai envolver a consulta pública com os operadores.

“Vamos agora fazer uma parte dos estudos técnicos com as equipas de engenharia dos vários operadores e, só assim, poderemos determinar, exactamente, de quanto tempo vamos precisar para implementar o roaming doméstico”, disse Leonel Augusto.”

De acordo com o governante, o projecto vai envolver a consulta pública com os operadores, a actualização de alguma legislação e também o desenho da implementação técnica. Leonel Augusto referiu ainda que, os custos dos serviços de telecomunicações no quadro da implementação do roaming doméstico em Angola tem muito a ver com o investimento que as operadoras fizerem.

Por outro lado, realçou, tem também a ver com a questão de um conjunto de factores, como a energia ou a necessidade de fontes alternativas em muitas localidades onde a rede eléctrica tem sido estendida. “No entanto, todos esses aspetos estão a ser analisados no estudo que o INACOM tem estado a levar a cabo para determinar até que ponto poderemos proceder a reajustes na questão dos preços”, argumentou.

Roaming doméstico é a tarifa adicional de deslocamento quando o consumidor faz ou recebe ligação fora de sua cidade.