Jovem português cria app que barra distrações em momento de estudo

1222

Um jovem português desenvolveu uma aplicação chamada Tiger Time, que tem como objectivo barrar distrações das redes sociais em momentos de estudo ou de trabalho, pretende fazer crescer o conceito e traduzir minutos de atenção em descontos.

Filho de mãe canadiana e pai português, Jonhy Cartucho estudou engenharia electrônica na Universidade britânica de Loughborough. Aí aprendeu e desenvolveu as suas capacidades para programar em linguagem de programação C++. Aos 23 anos, Jonhy está a projectar a sua própria aplicação, que deverá chegar ao mercado em menos de um mês.

O Tiger Time promete evitar que os utilizadores consultem as redes sociais em momentos de estudo ou trabalho.

Esta ideia surgiu, em agosto de 2017, quando o jovem ganhou uma competição na universidade e um passaporte para a 1.ª edição de Cascais da European Innovation Academy. Admite ter sido algo repentino e que “mudou tudo”. Em três semanas, reuniu uma equipa internacional para desenvolver a sua ideia, que consistia na criação de uma ferramenta que garantisse o foco interna e externamente.

Agora vamos começar muito pequeno e muito focados no utilizador individual e ver se conseguimos trazer valor para o utilizador individual para depois falarmos com empresas e oferecer valor de maneira mais direta.“.

O sistema funciona quase como um jogo e avisa quando se desce no ranking, na experiência e na obtenção de descontos. A aplicação permite ao utilizador definir o tempo de foco e seguir os períodos definidos para a actividade e para o intervalo.

Jonhy pretende publicitar o Tiger Time dentro de “núcleos de estudantes”, em bibliotecas e grupos no Facebook. Estes projetos contam com o apoio do programador irlandês Adam O’Neill.