Lentidão da Internet em Angola continuará até Fevereiro

1
7186

Recentemente houve avarias nos cabos submarinos SAT-3 e WACS deixaram a Internet lenta em Angola, tendo a Angola Telecom emitido um comunicado garantindo que, a Angola Telecom e o consórcio do cabo submarino SAT-3, estão a trabalhar na recuperação do troço danificado entre Libreville e Cacuaco. Quanto ao WACS ainda não foi avançado qual é o problema, e continuamos a aguardar por um comunicado da Angola Cables.

Tendo já a Angola Telecom efectuado um diagnostico do problema, três semanas é o tempo previsto para recuperação total do serviço de Internet da Angola Telecom, que expande-se pelo país. Neste caso estamos a falar que, a Internet só estará estável no pais praticamente em meados de Fevereiro.

Depois de ter recuperado parcialmente a capacidade de Internet no dia 17 de Janeiro, a Angola Telecom e o Consórcio do Cabo Submarino SAT-3 continuam engajados para a recuperação total deste serviço, indispensável nas telecomunicações.

Será que já não teremos problemas desta dimensão?

Se o país não procurar formas de salvaguardar situações deste género, Enquanto estivermos a depender do SAT-3 que já está praticamente no fim da sua vida útil (foi implementado em 2001 – logo são 19 anos de utilização actual), será tão óbvio voltarmos a cair numa situação desta, portanto uma das soluções seria a entrada de um novo sistema submarino e que o mesmo termine em Cacuaco / Angola Telecom (Ex: ACE, SIMBA ou EQUIANO).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here