Leo Messi recebeu parte do prémio de assinatura em criptomoeda

0
2939

O valor concreto ainda não foi revelado, mas sabe-se que parte do prémio de assinatura de Leo Messi pelo PSG foi pago em criptomoeda- fan tokens. O clube confirmou que estes tokens foram entregues como parte de um “pacote de boas-vindas” e que servem para ligar a estrela do futebol “a milhões de fãs do Paris St-Germain em todo o mundo”.

Os token fans do PSG são uma cibermoeda que permite aos utilizadores estar ligados a várias decisões do clube, desde a mensagem que vai ser colocada nas braçadeiras dos jogadores, passando pelo design do autocarro que transporta a equipa e até às cortinas que são colocadas no túnel que dá acesso ao relvado do Parque dos Príncipes, noticia a BBC.

O serviço é gerido através de uma app móvel, que também já foi o veículo usado para alguns utilizadores receberem chamadas de vídeo de alguns dos jogadores. O objectivo é encontrar e possibilitar novas formas de interação com o clube.

Os adeptos do clube podem comprar os fan tokens em troca de dinheiro ‘real’ e podem também fazer trocas, como com as Bitcoin ou outras cibermoedas.

O PSG reporta que, nos dias anteriores ao anúncio da chegada de Messi, foram trocados mais de mil milhões de euros sob esta forma, dos quais 30 milhões são de novas vendas. O valor da cibermoeda do PSG subiu 130% em apenas cinco dias, durante os quais circulavam rumores de que Messi estaria a caminho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui