Mecatrónico Angolano apresenta aparelho que captura mosquitos de um modo fácil

0
2000

13321902_897718657041660_7612464636850638099_n

O numero de inventores Angolanos já começa a crescer significativamente, aumentando assim o numero e projectos de origem Angolana que poderão participar nas próximas feiras nacionais e internacionais para apresentação dos seus projectos. Mas desta vez em particular vamos falar do Angolano que inventou um aparelho de captura de mosquitos.

Trata-se do mecatrónico Ricardo António Figueiredo o inventor deste aparelho que possibilita a captura de mosquitos e os mantém vivos para depois serem transferidos em laboratórios para uma investigação entomológica. Com a chegada deste aparelho será possível estudar a presença de mosquitos nas comunidades em classe e avaliar antecipadamente o tipo de vírus predominantes nestes insectos, bem como definir medidas preventivas com vista a anular a proliferação de doenças.

Segundo o inventor, o dispositivo funciona com sistema de “leds” e um motor magnético que captura o mosquito no interior da máquina. “É um aparelho ainda rudimentar e precisa de inovações significativas para o pleno funcionamento em prol dos serviços de saúde e contribuir na prevenção de doenças em Angola”. Salientou ainda que o aparelho colector emite luzes em forma de intermitentes de fora para dentro que atraem o mosquito e este por ultimo fica preso, facilitando assim a sua colheita para posteriores estudos laboratoriais.

O aparelho já foi testado algumas vezes, visto que o inventor mecatrónico tem vindo a trabalhar com as autoridades sanitárias do município da Caála (Huambo) e já testou o aparelho nesta região onde foi capturado o mosquito causador da febre-amarela nos bairros da Catelenga, Cangola e Mangumbala.

É importante ainda salientar que  o Ricardo António Figueiredo  participou em varias exposições de feiras de invenções científicas em Angola e Alemanha, onde ganhou medalhas de prata e ouro devido aos seus projectos tecnológicos configurados para permitir o desenvolvimento humano e providenciar o bem-estar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here