Mercado Angolano é pequeno para quatro operadores de telecomunicações?

0
4912

Recentemente foi anunciado oficialmente pelo Ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, que o governo vai lançar um concurso público internacional para um quarto operador de telecomunicações, que vai incluir a rede fixa, móvel e de televisão por subscrição.

Mas parece que existe um ponto de vista diferente, a empresária angolana Isabel dos Santos criticou a decisão do Governo angolano em abrir concurso para uma nova licença de telecomunicações, considerando que o mercado é muito pequeno para quatro operadores.

Durante uma entrevista concedida a Bloomberg, a empresária que detém 25% da Unitel, considerou que, “Quatro licenças num mercado de 24 milhões de pessoas é um cenário insustentável”.

Qual é a actual quota de mercado de telefonia móvel de Angola?Segundo dados fornecidos pelo Instituto Nacional das Comunicações (INACOM), no ano de 2016, a “Unitel teve uma quota de 73% do mercado”, com cerca de dez milhões de clientes espalhados pelas 18 províncias, enquanto a “Movicel teve uma quota de 27% do mercado”.

Seria oportuno as quatro operadoras deterem a mesma quota de mercado?

Sim, mas é um cenário difícil de acontecer. A quota de mercado designa a fatia de mercado detida por uma organização. Sua medida quantifica em percentagem a quantidade do mercado dominado por uma empresa.

Com este cenário os usuários terão mais opções e teremos mais competitividade no mercado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here