Meta vai bloquear conteúdo que promova invasão de Brasília

1060

A Meta, a empresa que detém o Facebook, o WhatsApp e o Instagram, anunciou que vai começar a remover e a bloquear conteúdo que promova e defenda as invasões às sedes dos três poderes em Brasília no Brasil deste domingo, dia 8 de janeiro.

Em declarações à BBC, um porta-voz da gigante tecnológica notou que a situação será encarada de forma semelhante à invasão do Capitólio dos EUA no dia 6 de janeiro de 2021. Notar que a organização destas invasões foi feita em grupos de redes sociais, como no WhatsApp.

Também estamos classificando isso como um ato de violação, o que significa que removeremos conteúdo que apoie ou enalteça essas ações. Estamos acompanhando a situação ativamente e continuaremos excluindo conteúdo que viole as nossas políticas, notou o porta-voz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui