Microsoft disponibiliza Python no Azure na África do Sul

479

A Microsoft anunciou a disponibilidade do suporte ao Python no Azure Functions para África do Sul. Isso significa que agora os desenvolvedores podem criar as suas funções sem o servidor e usar o Python 3.6 com base no tempo de execução e publicar em uma plataforma de hospedagem baseada em Linux no Azure.

Isso garante uma experiência completa para os desenvolvedores de Python sem precisar sair da nuvem da Microsoft enquanto ainda usa a sua linguagem, bibliotecas e ferramentas. A disponibilidade do suporte ao Python ocorre menos de um mês após a Microsoft ter lançado o SDK do Azure para Python – uma reescrita básica das bibliotecas do cliente para garantir consistência, design idiomático e excelente experiência e productividade do desenvolvedor.

Rory Preddy, desenvolvedor de público-alvo da Microsoft: “criamos uma plataforma aberta no Azure. Os desenvolvedores podem trabalhar no idioma que quiserem, integrar-se ao Azure e usar os serviços que os beneficiarão. É importante ressaltar que eles podem fazer tudo isso no seu idioma.

Preddy diz ainda que, “agora é fácil criar um Python DevOps com uma camada Linux gratuita. As ferramentas para o ecossistema Python são um complemento natural ao nosso ecossistema do Azure . Nós fornecemos o ecossistema para nossos desenvolvedores e agora moldamos esse ecossistema para desenvolvedores de Python para fornecer a eles as mesmas ferramentas avançadas da Microsoft que se tornaram o padrão do sector.