Microsoft Edge pode deixar de funcionar em sistemas mais antigos

A partir do Edge 126, a Microsoft vai requerer que os sistemas tenham um processador que suporte a tecnologia SSE3 ou mais recente.

634

A Microsoft atualizou recentemente a documentação do seu navegador Edge, sendo que, brevemente, alguns utilizadores em sistemas mais antigos podem vir a ter problemas em correr o mesmo.

A partir do Edge 126, a Microsoft vai requerer que os sistemas tenham um processador que suporte a tecnologia SSE3 ou mais recente. Os sistemas que não tenham um processador compatível com esta tecnologia deixam de poder usar as versões mais recentes do Edge nos mesmos.

Esta nova medida apenas deve afetar um pequeno conjunto de utilizadores, a maioria em sistemas mais antigos. Praticamente todos os processadores mais recentes no mercado, mesmo que lançados faz alguns anos, contam com suporte para SSE3.

Na realidade, os primeiros processadores a surgir no mercado com suporte para esta tecnologia foram os Pentium 4, Pentium D, Celeron D, AMD Opteron, Sempron, entre outros. Portanto, se tiver um sistema que foi adquirido nos últimos anos, possivelmente não vai sentir qualquer impacto.

Porém, para quem tenha usado métodos alternativos para instalar o Windows 11 em computadores mais antigos, e use o Edge nos mesmos, pode eventualmente vir a ter problemas.

O Microsoft Edge 126 encontra-se previsto de chegar na versão estável a 13 de junho de 2024.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui