MIREX realça a facilitação nas transacções com o sistema de pagamento PAPSS

0
323

O Ministro das Relações Exteriores, Teté Antonio, defendeu que à implementação do sistema de pagamento e liquidação PAPSS, cuja experiência piloto está em execução nos países da África do Oeste, tem como objectivo facilitar as transacções transfronteiriças.

Segundo o governante, que falava em um encontro com o secretário-geral da Zona de Comércio Livre Continental Africana, Wamkele Mene, considerou benéfico o papel de Angola na implementação PAPSS e referiu ainda que o nosso país foi um dos primeiros países a aderir à  Zona de Comércio Livre Continental Africana.

MAIS: Sistema de pagamentos PAPSS vai reforçar ligações comerciais no continente

Teté Antonio reforçou ainda o facto de que com o PAPSS termos a vantagem de os pagamentos serem feitos em moeda nacional de cada país, evitando, assim, a necessidade de se recorrer a terceiros para a aquisição de divisas.

Por outro lado, Wamkele Mene, considerou que o principal problema que o continente enfrenta está relacionado com as transacções  transfronteiriças, porque acarretam custos elevados aos diversos países, onde o PAPSS vai facilitar as transacções transfronteiriças entre os funcionários e operadores económicos, permitindo ao continente poupar elevadas somas monetárias que podem ser utilizadas na melhoria das condições de vida dos cidadãos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui