Moza Banco adere à plataforma de denúncias a fraudes electrónicas

1621

O Moza Banco a tornar-se uma das primeiras instituições moçambicanas a aderir à plataforma de denúncia de fraudes com recurso a redes de telecomunicações ou meios de pagamentos electrónicos.

Para o Moza, esta plataforma irá contribuir efectivamente no combate às frades feitas por meios de pagamentos electrónicos que infelizmente tendem a aumentar diariamente em todo território do país, destaque para as feitas através de SIM Swap, transacções efectuadas em ATM, POS, via cartões bancários, recurso ao Mobile e Internet Banking, bem como transacções bancárias com suporte a meios electrónicos, com recurso a redes de telecomunicações, entre outras.

MAIS: Moçambique: Tributação da economia digital só em Dezembro de 2022

Como a redacção da MenosFios já tinha informado, essa plataforma é um dos mecanismos de cooperação e colaboração interinstitucional assinado pela Procuradoria-Geral de Moçambique, o Instituto Nacional das Comunicações, Banco de Moçambique, Serviço Nacional de Investigação Criminal, Associação Moçambicana de Bancos, Operadoras de Telefonia Móvel, instituições de crédito e sociedades financeiras

Essa iniciativa visa responder de forma rápida e em tempo útil as fraudes, através de uma plataforma integrada de denúncias, tratamento e partilha de informações.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui