Nova funcionalidade vai dar mais segurança aos utilizadores do Signal

0
1259

Para boa parte das pessoas, o Signal é um dos melhores aplicativos de trocas de mensagens actualmente, onde nos últimos tempos  soube aproveitar os problemas da concorrência e cresceu de forma exponencial, com muitos novos utilizadores, que vão chegando e acabam por gostar do mesmo.

Tendo como base esse crescimento do aplicativo, surgem também novos desafios de segurança que são importantes a resolver e prevenir problemas futuros. Por isso, as noticias dão conta que o Signal está a preparar algumas melhorias importantes, cujo objectivo único é trazer mais segurança aos utilizadores.

Signal ganhou grande notariedade nos últimos anos, onde devido a esse crescimento veio também um interesse grande por parte de alguns grupos interessados em espalhar spam junto dos usuários do aplicativo.

A maioria dos restantes aplicativos de mensagens recorre a informação dos perfis e a outros dados a que tem acesso para entender os comportamentos. Desta forma, fica mais simples identificar os spammers e assim impedir a sua ação.

MAIS: Signal está a testar uma funcionalidade que permite envio de criptomoedas para os seus contactos

Para resolver esse infortúnio, as noticias dão conta que o Signal preparou agora servidores privados, dedicados a avaliar e detetar spam a ser enviado para os utilizadores.

Os pedidos de mensagens existem no Signal desde o ano passado, sendo controlados pelos utilizadores. Estes podem aceitar ou recusar estes pedidos de mensagens de utilizadores fora da sua lista de contactos. Estas mensagens podem também ser marcadas como spam pelos utilizadores.

Foi ainda revelado também uma outra novidade do serviço é no acesso às fotografias dos avatares dos utilizadores. Numa tentativa de contacto, as imagens dos utilizadores passam a estar ofuscadas, para que não possam ser usadas para esquemas ou tentativas de contactos.

De ressaltar ainda, e para aumentar ainda mais a segurança, os links que essas mensagens que aguardam a aprovação não vão estar acessíveis. Mesmo que pretenda, o utilizador não conseguirá clicar e aceder a sites que muitas vezes são maliciosos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here