Angola vai promover mais acesso de informação aos meios digitais

0
1171

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, afirmou no dia de ontem(04), que o país vai continuar a promover o acesso a informação nos meios digitais, no sentido de se adequar as mudanças tecnológicas.

Ministro, que falava à imprensa à margem do Fórum de Ministros das TIC da África Austral, em formato virtual, disse que a aposta nacional vai continuar a marcar a liberdade de imprensa como baliza, não só nos modelos tradicionais, mas também nos meios digitais.

Manuel Homem informou ainda, que para a mídia que se pretende, há a necessidade de se continuar a massificar o acesso à Internet no território nacional. Adiantou também que actualmente o executivo  têm sido desenvolvidas várias acções, nomeadamente os programas de inclusão digital, programa de massificação e acesso a internet e as tecnologias de informação.

MAIS: Governo Angolano aposta nas telecomunicações para mitigar o efeito da Covid-19

Por fim, o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, acrescentou que o país conta com mais de seis milhões de utilizadores de Internet e mais de 14 milhões de utilizadores de telefonia móvel.

Há um conjunto de programas, como a entrada de um novo operador no sector das telecomunicações, o acesso a novas infra-estruturas de rede, fibra óptica e sistema de VSAT”, referiu.

Em relação ao Fórum de Ministros das TIC da África Austral, Manuel Homem referiu que o programa incluiu abordagem de varias matérias, com destaque para a importância da mídia livre, independente e pluralista como chave para os actuais tempos, a importância do acesso à informação, o trabalho em curso pela UNESCO e o Ministério das TIC da Namíbia.

Estão a ser abordado temas convergentes sobre as TIC, voltada essencialmente para a liberdade de imprensa nos meios digitais”, referiu.

Essa abordagem, avança o ministro, tem também a necessidade de assegurar que a informação nas plataformas digitais ocorra dentro dos marcos das leis e nos princípios estabelecidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui