Novo protocolo WPA3 para segurança de redes sem fio será lançado este ano

720

Recentemente foi quebrado o protocolo de segurança de Redes WPA2, esta vulnerabilidade colocou em risco a integridade de redes Wi-Fi em todo o mundo, visto que todas tem o padrão WPA2, o problema afecta todos os roteadores que usam o padrão, independentemente da marca, modelo ou utilização.

Para colmatar este problema, a  Wi-Fi Alliance (um grupo de empresas responsáveis ​​pela certificação de produtos capazes de transmitir dados através de Wi-Fi, está a trabalhar no WPA3, um novo protocolo projectado para substituir o WPA2 e aumentar a segurança. De lembrar que o WPA tem agora cerca de 14 anos.

Para garantir uma segurança aprimorada, a Wi-Fi Alliance está a criar quatro recursos principais no WPA3:

  1. Protecções robustas, mesmo quando os usuários escolherem senhas que ficam aquém das típicas recomendações de complexidade;
  2. Um processo simplificado de configuração de segurança para dispositivos com interface de exibição limitada ou nenhuma;
  3. Fortalecer a privacidade do usuário em redes abertas através de criptografia de dados individualizada;
  4. Uma suite de segurança de 192 bits, alinhada com o Conjunto de Algoritmos de Segurança Comercial Nacional (CNSA) do Comité de Sistemas de Segurança Nacional, protegerá ainda mais as redes Wi-Fi com requisitos de segurança mais altos, como os que estão em uso em sectores governamentais, de defesa e industriais

Para os usuários que adquirirem um novo roteador ou outro equipamento de rede ainda este ano, muitos necessitarão da certificação WPA3.

Acredita-se ainda que, os dispositivos existente poderão não receber actualizações de firmware WPA3 devido ao requisito de certificação, mas isso dependerá em grande parte se os fabricantes se preocupam com o esforço para proteger os dispositivos que já venderam.

Está mais do que na hora de ser lançado este novo protocolo de segurança?