O que causou a maior queda de sempre dos serviços do Facebook?

881

Uma paralisação parcial no Facebook afectou usuários em todo o mundo, Angola não foi excepção. A paralisação se estendeu por mais de 14 horas. Até ao momento, não há registo de uma interrupção tão longa na rede social líder de mercado.

Ironicamente, o Facebook, a maior rede social do mundo, teve que recorrer ao Twitter para explicar que havia um problema com as suas plataformas de comunicação.

Alguns usuários do Facebook e outras plataformas do grupo – incluindo Instagram, Messenger e WhatsApp – relataram problemas intermitentes acessando os serviços e postando conteúdo.

Na madrugada de hoje,14/03/2018, quinta-feira, às 04:41 GMT, a conta oficial do Instagram no Twitter, alertou: “E… estamos de volta” com um gif de Oprah Winfrey.

Alguns utilizadores em Angola tentaram publicar actualizações e receberam a mensagem de erro “Desculpe, algo deu errado. Estamos trabalhando para consertar isso o mais rápido possível.

O Twitter foi a rede escolhida para os “pobres” utilizadores do Facebook reportarem a sua insatisfação. A hashtag #FacebookDown e #InstagramDown viraram tendências no Twitter durante grande parte do dia.

O que causou a interrupção ?

As interrupções começaram na quarta-feira à noite e pareciam afetar pessoas em várias regiões, incluindo os África, Estados Unidos, América Central/Sul e Europa. O serviço DownDetector.com mostra como as reclamações foram evoluindo durante o dia:

Apesar de alguns rumores indicarem que as interrupções foram resultado de um ataque DDoS (Distributed Denial of Service ) , o Facebook disse em outro tweet que “a questão não está relacionada a Ataque DDoS. “

Desde então não houve outra informação oficial. Enquanto isso, as acções do Facebook cairam 2.22% nas últimas 24 horas.

O mercado e os utilizadores finais estão curiosos: o que causou esta grave queda do grupo de aplicativos do Facebook?