Telegram obteve 3 milhões novos usuários durante a paralisação de aplicativos do Facebook

549

Recentemente os serviços do Facebook tiveram a sua maior queda até ao momento, alguns usuários do Facebook e outras plataformas do grupo incluindo Instagram, Messenger e WhatsApp relataram problemas intermitentes acessando os serviços e postando conteúdo.

Mas parece que com este problema todo, alguém saiu a ganhar, pois é, estamos a falar do Telegram, que afirma ter tido um aumento nas inscrições durante um período de inatividade  estimado em 14 horas dos serviços do Facebook.

Em uma mensagem enviada ao seu canal Telegram, o fundador Pavel Durov escreveu: “Eu vejo 3 milhões de novos usuários a se inscreverem no Telegram nas últimas 24 horas”. O mesmo acrescentou dizendo ai que na sua plataforma, os usuários “Têm a verdadeira privacidade e espaço ilimitado para todos.

Um contacto no Telegram confirmou ao site portal de notícias TechCrunch que o tempo de inactividade dos aplicativos do Facebook é a provável causa de seu mais recente pico de cadastro, dizendo: “Essas interrupções sempre impulsionam novos usuários”.

Um ano atrás, a Telegram anunciou a aprovação de 200 milhões de usuários ativos mensais. Embora a plataforma tenha enfrentado restrições e ou bloqueios em alguns mercados (principalmente na Rússia e no Irã, assim como na China), aparentemente por recusar pedidos governamentais de chaves de criptografia e / ou informações do usuário.