O sector tecnológico já sente o impacto do coronavírus

0
613

Recentemente surgiu a informação de que, algumas empresas gigantescas do mundo tecnológico estão a desistir do Mobile World Congress 2020 (MWC) com receio do coronavírus. A MWC é considerada uma das maiores feiras de tecnologia, que decorre anualmente em Barcelona.

Actualmente, o sector de tecnologia está a sentir o impacto do coronavírus , com algumas empresas a fechar escritórios, lojas e fábricas na China, além de restringir os funcionários de viagens não essenciais ao país. Os encerramentos, que inicialmente deveriam durar até a semana do feriado do Ano Novo Lunar, no final de Janeiro, foram estendidos para o dia 10 de Fevereiro, embora ainda não esteja claro se a maioria das empresas voltará a funcionar na segunda-feira.

Prevê-se uma infinidade de efeitos a curto e a longo prazo, desde eventos adiados até empresas que potencialmente não cumprirão uma meta de lançamento de feriados devido ao encerramento de escritórios em todo o país.

Até que ponto o coronavírus já afectou o sector?

No início deste mês, as principais empresas de tecnologia anunciaram que fechariam temporariamente todos os escritórios corporativos, fábricas e lojas de venda a retalho em toda a China. Essas empresas incluem Apple , Samsung , Microsoft , Tesla e Google . (O Google também fechou escritórios nas proximidades de Hong Kong e Taiwan.) A maioria dos encerramentos deveria até domingo, 9 de Fevereiro , embora algumas empresas não tenham especificado quando exactamente os escritórios seriam reabertos.

Escassez de produção e atrasos no lançamentos

Como muitos produtos são fabricados na China (ou usam peças de fornecedores chineses), os especialistas também alertam os clientes a no atraso de lançamentos de vários smartphones, dispositivos de realidade virtual, carros e outros acessórios de tecnologia. Os encerramentos da Foxconn e Pegatron na China, por exemplo, espera-se que potencialmente atrasos na produção de iPhones e AirPods, visto que os trabalhadores da fábrica são incapazes de retomar o trabalho. (As duas fábricas são responsáveis ​​por quase todos os iPhones do mundo.)

Varias outras empresas como a Asus, Facebook, Oppo, Xiaomi, Lenovo, Huawei, e Tesla estão dentre as que esperam sofrer atraso na entrega de alguns produtos até até novo aviso devido ao coronavírus.

Mudanças no evento

Como referido acima, várias empresas de tecnologia também retiraram suas participações na próxima conferência do Mobile World Congress em Barcelona. A NvidiaLG ElectronicsZTE e Ericsson foram todas parcialmente (no caso da ZTE) ou totalmente retiradas do evento, citando riscos potenciais para novos surtos de doenças.

A Huawei, que deveria sediar uma conferência de desenvolvedores na próxima semana, também adiou seu evento até o final de Março. A segunda semana de um grande torneio do League of Legends também foi adiada indefinidamente desde 26 de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here