Boeing encontrou outro erro de software no 737 Max

1
986

No dia (27.03.2019), a Boeing apresentou uma revisão geral do seu sistema de software e do treinamento piloto do seu avião 737 MAX. Esta é a tentativa mais directa de consertar um elemento do projecto original do avião que os investigadores acreditam ter levado a dois acidentes recentes.

Mas parece a revisão no software ainda não está correcta, pois a empresa acaba de encontrar mais outro erro. A falha envolve uma luz indicadora para o “sistema de compensação estabilizadora”. A luz está a acender quando não deve. A Boeing já está a resolver o problema e ainda espera que o 737 Max volte a voar em meados de 2020 .

Mas esta é a terceira falha de software a ser descoberta e relatada desde que o 737 Max  matou 346 pessoas. Meses após a descoberta da falha fatal , a Boeing encontrou outro problema que impedia que os computadores de controle de vôo iniciassem e verificassem se estavam prontos para o vôo.

De acordo com as informações, Steve Dickson (chefe da Administração Federal de Aviação – FAA), informou em Londres que um voo de certificação ocorrerá nas próximas semanas e que a FAA está a avaliar esse último problema de software. Mesmo com a aprovação da FAA, pode demorar muito tempo até o 737 Max retornar ao serviço. Enquanto isso, a Boeing congelou a produção do 737 Max.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here