Plano espacial nacional alinhado com agenda global de desenvolvimento

1153

A estratégia espacial nacional de Angola está alinhada com as agendas globais de desenvolvimento, com destaque para a agenda africana 2064 e os objetivos de desenvolvimento sustentáveis das Nações Unidas 2030.

Essa informação foi revelada pelo Ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Mário Oliveira, reconhecendo a importância vital que a utilização racional e sustentável que o espaço tem no desenvolvimento socioeconómico dos povos e das nações.

Segundo o que foi revelado pelo Ministro, a estratégia espacial nacional assenta em cinco pilares essenciais, nomeadamente o programa de capacitação, desenvolvimento do segmento espacial e terrestre, a criação e crescimento da indústria espacial angolana, afirmação internacional e política espacial.

MAIS: A telemedicina é uma realidade em várias províncias do país, sublinha Ministro

Dentre estes, o programa de capacitação, de acordo com Mário Oliveira, é que maior atenção tem merecido do Governo Angolano.

Neste contexto, afirmou que o país possui mais de 60 profissionais com formação superior em engenharia e tecnologia espacial, formados ao mais alto nível daquilo que é hoje o estado da arte das ciências espaciais, certificados pela Agência Espacial Europeia, pela NASA e a Agência Espacial Russa.

De acordo com o ministro, o grau de excelência por estes alcançados mereceu a atenção de instituições internacionais de idoneidade reconhecida, tendo uma especialista angolana sido classificada entre os cem engenheiros mais influentes de África e outros dois classificados entre os 10 melhores jovens com menos de trinta anos na última indústria espacial africana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui