Presidente da República termina mandado do Conselho de Administração da Angola Telecom

1105

O Presidente da República, João Lourenço, deu, esta quinta-feira, por findo o mandato das individualidades que integram o Conselho de Administração da Angola Telecom, E.P.

A informação consta de um decreto assinado ontem(15) pelo Chefe de Estado, João Lourenço, onde declara que o término do antigo Conselho de Administração da Angola Telecom é “resultado da conclusão do processo de reestruturação desta, com a finalidade de viabilizar a sua capitalização e de dotá-la de condições de atratividade tendo em vista a sua posterior privatização”.

A Angola Telecom é uma das empresas do sector das telecomunicações que vão ser privatizados, por via de concurso público, pelo que foi revelado pelo porta-voz adjunto do Programa de Privatizações (PROPRIV), Ottoniel dos Santos.

MAIS: IGAPE descarta privatização da Angola Telecom

O Programa de Privatizações (PROPRIV) teve o seu início em meados de 2019 e visa, essencialmente, fortalecer o sector privado de Angola, tornando-o mais eficiente e competitivo. Afigura-se como uma das linhas condutoras da reestruturação e redimensionamento do Sector Empresarial Público (SEP).

O PROPRIV enquadra-se na Reforma das Finanças Públicas, tendo em vista a promoção da estabilidade macroeconómica, o aumento da produtividade da economia nacional e o alcance de uma distribuição mais equitativa do rendimento nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui