Presidente russo Vladmir Putin quer tirar Microsoft da Rússsia

0
2268

 

putin

Vladmir Putin, presidente da Rússia pretende tirar a Microsoft do seu país, o processo parece ter começado já com o bloqueio do LinkedIn, que estará a ser comprado pela Microsoft.

Em causa está o software de Redmond (módulos de software que são baseados em tecnologias de padrão aberto), que segundo o líder russo pode estar a ser usado para espiar o seu povo a mando dos norte-americanos. Um especialista em inteligência dos EUA diz que é fácil explorar o sentimento anti-americano dos russos e igualmente fácil convencer o povo de que a Microsoft estará a colaborar com o governo.

A Microsoft sempre declarou que não colabora com qualquer governo e que não obtém qualquer informação confidencial de qualquer país ou governante. Não foi revelado pela NBC News se existem mais empresas americanas como alvos desta ideia do governante russo e nem se vão ser tomadas medidas concretas contra a Microsoft.

De acordo com a fonte a ideia de tornar a Microsoft como um alvo é simples. Como a empresa americana é uma das maiores em termos tecnológicas é teoricamente simples para os russos provarem aos seus cidadãos que a Microsoft tem acesso, controla as suas informações e colabora com o governo americano, que por sua vez espia os russos e os seus governantes.

Até ao momento sabe-se que a ideia de mudar o software e serviços prestados estão já a decorrer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui