Provedores de internet em Angola reúnem-se para o Angonix Fórum 2016

0
2858

Jose-Rocha-Ministro

Há alguns anos, a maior parte do tráfego gerado a partir de Angola era obrigado a transitar em conexões internacionais, devido à escassa capacidade de interconexão entre os provedores.  O uso do IXP (Internet Exchange Point) representa uma alternativa,  permitindo que os provedores de serviços de Internet se interconectem sem necessidade de recorrer a circuitos internacionais, o que na prática poderia reduzir os custos de banda larga e, portanto, seus preços.

Visando assinalar o primeiro aniversário do Angonix, plataforma de troca de tráfego de internet, acontece no próximo dia 16 de Março, em Luanda, Angola, o primeiro “Fórum Angonix 2016: Economia e Conectividade”. O evento abordará o impacto da partilha de tráfego e de conteúdos entre os provedores de serviços de internet (ISP) no desenvolvimento global da internet, bem como o seu papel na promoção da economia digital.

Durante o fórum haverá uma mesa redonda sobre “O Papel dos IXP’s no desenvolvimento dos mercados digitais” e vai juntar, para o debate membros do governo, representantes de empresas de internet angolanas e convidados internacionais. O ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, será o responsável por presidir o fórum.

Angonix é um ponto de troca de tráfego de internet e um agregador de dados, localizado em Luanda, capital de Angola, na região da SADC, África Ocidental, que interliga redes globais, operadores de rede e provedores de conteúdo para manter o tráfego local e oferece aos provedores de conteúdo e redes internacionais meios para se estabelecerem em África.

Este género de fóruns pode não ter uma repercussão imediata, mas no futuro os utilizadores de internet poderão olhar para trás e reconhecer as melhorias.

Mais detalhes podem ser encontrados no site oficial do Angonix , uma iniciativa da AngolaCables.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here