Ruanda terá a sua primeira fábrica de smartphones

2432

Em Outubro do ano passado, a empresa de tecnologia denominada Mara Corporation, com sede no Ruanda, informou que estava prestes a investir 100 milhões de USD na África do Sul para fabricar smartphones acessíveis e de alta tecnologia.

Mas agora a mesma empresa, juntamente com autoridades do governo de Ruanda, anunciaram o lançamento de uma fábrica para produzir smartphones, além de melhorar o acesso a serviços digitais no país. O projecto foi divulgado pelas autoridades do ministério de tutela, durante um encontro com Comité Parlamentar Permanente de Educação, Tecnologia, Cultura e Juventude para explicar questões relacionadas às TIC observadas naquele país.

Segundo Paula Ingabire, (Ministra das TIC e Inovação do Ruanda), as negociações com a Mara Corporation, uma empresa pan-africana de tecnologia, para estabelecer a fábrica está actualmente em andamento e que até Abril deste ano, a mesma poderá dar inicio as actividades no país.

E quando essa fábrica começar a funcionar?

Quando a fábrica começar a produzir smartphones, as pessoas terão a oportunidade de pagar em parcelas durante um período de 24 meses. A ministra garantiu ainda que irá trabalhar com empresas de telecomunicações para buscar formas de reduzir os preços no uso da Internet. Só para se ter uma ideia, a Autoridade Reguladora de Utilidades de Ruanda informou recentemente que a penetração da Internet no país atingiu 47,7% em Setembro de 2018.