Tecnologia móvel pode melhorar o acesso aos serviços financeiros

585

A Secretária de Estado para a Economia, Dalva Ringote, exortou, na última semana, as instituições financeiras a aproveitarem as vantagens das tecnologias, principalmente a tecnologia móvel, visto que apresentam um melhor potencial para melhorar o acesso aos serviços financeiros digitais para o alargamento dos depósitos bancários e das poupanças que geram créditos bancários e investimento.

Dalva Ringote que falava no Fórum “Inclusão Financeira para o Desenvolvimento – Uma ferramenta poderosa para alcançar os ODS“, disse que a inclusão financeira é um veículo de acesso a serviços financeiros formais, como por exemplo o crédito, seguro e a oportunidade de poupança, sem esquecer o facto de que é um motor crítico para o crescimento económico.

Ainda no seu discurso, a Secretária de Estado frisou que a estratégia de abordagem no evento seja feita de uma forma holística e em quatro dimensões-chave, que são: acesso, qualidade dos produtos e serviços, utilização dos produtos e serviços, bem como seu impacto na vida dos consumidores.

MAIS: Um terço das transacções no sistema de pagamentos nacional é com um telemóvel

A visão do Governo Angolano, indicou Dalva Ringote, é criar mais oportunidades de fazer negócios e tornar cada angolano auto-suficiente e economicamente empoderado. Por isso, a inclusão financeira deve ser o caminho crítico para elevar a vida das pessoas carentes, criando assim oportunidades económicas para todos, principalmente mulheres e jovens, aumentado desta forma o acesso a poupança, crédito, seguros, mercados de capitais e sistemas de pagamentos.

Por fim, finalizou a dirigente, estas todas ferramentas fornecem assim umcaminho para o empoderamento de famílias e comunidades, visto que o nosso país necessita de um sector financeiro inclusivo com efeito catalisador e com capacidade de apoiar o processo de diversificação da economia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui