Vice-Presidente da Samsung condenado a 5 anos de prisão

0
1433

No mês de Fevereiro de 2017, surgiu a informação de que o Vice-Presidente da empresa norte coreana foi oficialmente preso por acusações de suborno, perjúrio e desfalque. Agora o Tribunal sul-coreano condenou Lee Jae-yong sobre o papel no escândalo que levou ao impeachment do ex-presidente Park Guen-hye.

O bilionário que ostenta o lugar de terceiro homem mais rico da Coréia do Sul e herdeiro do império da Samsung, foi acusado de fazer grandes doações para fundações administradas por um amigo íntimo e confidente do deposto presidente sul-coreano, Park Geun-hye, em troca de favores políticos .

Segundo Song Woo-cheo (Advogado da Samsung), “Como advogado, eu não posso concordar com as decisões jurídicas e os fatos reconhecidos envolvidos no veredicto”, disse o advogado fora do tribunal”.

Enquanto isso, a Samsung segue sem um “cabeça”, sendo actualmente dirigida em conjunto pela directoria. Segundo fontes, há investidores preocupados com o vácuo causado pelo escândalo, já que a falta de um líder unitário pode tornar os processos de tomada de decisão mais lentos.

Veja as declarações do advogado:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here