Africell é a quarta operadora de telefonia móvel em Angola

19
17939

Durante o segundo trimestre de 2019. a Telstar chegou a ser anunciada como a 4ª operadora de telefonia móvel, uma decisão que foi anulada pelo actual Presidente da República de Angola, pois desconfiou-se que não existiu transparência no referido concurso público.

Para uma melhor transparência, no terceiro  trimestre do mesmo ano, foi reaberto o referido concurso público, que esteve a ser dirigido por um grupo de trabalho encabeçado pelo Ministério das Finanças (MINFIN) que agora acaba de anunciar o vencedor do referido concurso por prévia qualificação.

A empresa de telecomunicações Africell Holding SAL foi apurada pelo grupo de trabalho para ficar com a licença da quarta operadora de título global unificado de telecomunicações. De acordo com uma nota de imprensa do grupo de trabalho do Governo, Africel Holding SAL deve, nos próximo dias, apresentar a sua proposta técnica e financeira.

De acordo com uma nota de imprensa do grupo constituído pelos ministros das Finanças, das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e da Economia e Planeamento, o processo está na sua 2ª fase do Concurso para a Prestação de Serviço Público de Comunicações Electrónicas. A 30 de Setembro de 2019, foi aberta a fase de candidaturas, que se encerrou no dia 22 de Janeiro de 2020.

Que empresas participaram deste concurso público?

Após a realização de sessões de promoção e apresentação do concurso, que tiveram lugar nos Emirados Árabes Unidos, na África do Sul e em Angola, três empresas adquiriram as peças do concurso que são: MTN da África do Sul, a Africell Holding SAL da Gâmbia e o BAI Investimentos de Angola, tendo a Africell submetido a sua candidatura, através da plataforma electrónica do Serviço Nacional de Contratação Pública.

Na fase preparatória do concurso, lê-se na nota, foi efectuada uma análise e identificação de operadores de telecomunicações com potencial de participação neste concurso, tendo como base as geografias de operação, volume de negócios, número de clientes e presença internacional. Assim, foram identificadas 12 entidades com operações estabelecidas em África, Ásia, Europa e Médio Oriente.

Das entidades identificadas, destaque para as empresas Africell, Bharti Airtel, Maroc Telecom, MTN, Telkom South Africa, Orange e Vodafone.

A Comissão de Avaliação, após ter procedido ao exame formal dos documentos de candidatura submetidos pela candidata Africell Holding SAL, deliberou por unanimidade a sua qualificação e que a entidade fosse convidada pela Entidade Pública Contratante para apresentar a sua proposta.

Correcção: É importante aqui salientar que, a Africell ainda não é a 4ª operadora de telefonia móvel em Angola, mas dentre as três empresas que apresentaram a propostas, a única que foi convidada para apresentar proposta é a Africell, sendo as outras 2 desqualificadas por enquanto. Portanto caso a proposta da Africell seja aceite, então será oficialmente confirmada como a quarta operadora.

19 COMENTÁRIOS

  1. Engenheiro Inforrmático,
    Mestrando em Gestão de Redes de Computadores e Sistemas de Comunicações.

    Parabéns a Empresa vencedora, esperamos que haja mais tecnologias e oportunidade de emprego com o funcionamento da quarta operadora móvel em Angola.

    • Técnico de Markecting, influenciador dos materiais de telecomunicação tenho a desejar muita força e coragem contem com o nosso apoio em tudo que vier.

  2. Esperamos q traga novidade, n pais a unitel n é para todo, n xta n alcance de todo povo Angolano, as recargas custa mto caro.

  3. Venho por meio desta dar os meus parabens a quarta operador movel que por sua ves dara mais oportunidades de empregos aos nossos jovens angolanos.

    • Esperamos que os candidatos devem ser admitidos aqueles que tem formação de engenharia informática, Telecomunicações, Marketing, Recursos humanos, Gestão e contabilidade.

  4. Africel desejo os meus parabéns, esperamos que os vossos serviços sejam ao alcance de todos os clientes. Espera que abram portas de empregos a população Angolana. Bem Haja Africel Holding Sal.

    Cordiais Saudações.

  5. Sinceiramente ate agora nao compreendo porque, a Vodafone nao concorreu nos sairia barato. Mas vamos la acompanha esta processo.

  6. Gostava que os marimbondos não colocassem entraveis à esta pretendida nova operadora de telefonia móvel. Já provaram que sozinhos não são capazes de sustentar angola e os angolanos! o mínimo que conseguiram é despojar o dez kz do bombô e banana assados da pobre zungueira para comprar um cartão de saldo de 40 min de conversa por 10 dólares.
    Que essa rede seja bem vinda para os milhões de desempregados de angola, a final faz parte dos 500.000 empregos prometidos. ou estou enganado?

  7. Seja muitíssimo bem vinda, esperamos que haja de facto melhorias consideráveis a nível de tecnologias, preços e que possa empregar muitos angolanos acima de tudo!

  8. Parabens Africel pelas conquistas e trabalhos técnicos e mais Tecnologia, quero fazer parte desta grande família para contribuir…

  9. Parabéns Africcel por fazer parte na telecomunicação Angolana , o que precisamos e oferta dos vossos produtos como preços de confiança e uma rede estável ate nas comunas e para todo povo Angolano.

  10. fico muito feliz por existir operadoras no mercado angolano isto melhora a concorrência entre as empresas de TI para melhor qualidade e transparência concernente a comercialização dos produtos tecnológico e diminui o índice de empregabilidade no pais muito obrigado continuem assim e contam com a forca dos jovens angolanos para o desenvolver a angola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here