Angola aderiu ao sistema global de informação sobre a biodiversidade

618

Angola acaba de alcançar mais um passo importante relativamente ao Ambiente, respectivamente em matérias que tratam de assuntos ligados a biodiversidade, isso porque acaba de aderir a um sistema global.

Pois é, Angola acaba de aderir oficialmente ao Sistema Global de Informação sobre a Biodiversidade (GBIF), e é considerado pelo secretário de Estado do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e inovação, Domingos da Silva Neto, como uma vantagem para a comunidade científica angolana.

De acordo com o responsável, que falava no encerramento do workshop sobre a participação de Angola no Centro Internacional de Investigação Científica do Atlântico (AIR Centre) e sobre a  adesão de Angola ao Sistema Global de informação sobre a biodiversidade (GBIF), a inscrição de dados e acesso livre sobre a biodiversidade beneficia a comunidade científica, que pode aproveitar essa informação e transformar em tecnologia. O mesmo reiterou ainda que, o país tem um volume de informação de  260 mil espécie já classificadas em plantas e animais.

O GBIF  é uma organização internacional dedicada a promoção, compilação , vinculação, padronização, digitalização, divulgação e uso global dos dados da biodiversidade a nível mundial.  O evento teve como objectivos identificar oportunidades (projectos e infraestruturas de participação Angolana AIR-Centre e potencialidades para a representação angolana no AIR-Centre e no GBIFE divulgar a adesão do país.

Caso ainda queira ter os dados sobre a biodiversidade do país, clique aqui